“Não existe mais lugar para amadorismo na suinocultura”, diz palestrante

Iuri 3.jpg
Foto: Divulgação/Faeg

“Não existe mais lugar para amadorismo na suinocultura”, diz Iuri Pinheiro Machado, presidente da Comissão de Suinocultura da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e da Comissão Nacional de Aves e Suínos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), ao avaliar o potencial de crescimento de Goiás no setor. Segundo ele, para o estado avançar no segmento é preciso que o produtor fique atento ao mercado de grãos, porque 70% dos custos de produção estão relacionados à alimentação dos animais.

Iuri será um dos palestrantes na 3ª edição da Exposição de novas tecnologias voltadas ao desenvolvimento da pecuária (Expopec), de 22 a 25 deste mês, em Porangatu (GO). No dia 24, das 8h40 às 9h20, ele falará sobre suinocultura para os produtores e demais interessados.  O objetivo, adianta, é mostrar a situação da suinocultura no Brasil e em Goiás e quais as características e peculiaridades da atividade para quem pretende investir nela.

“O Brasil é o quarto maior produtor e exportador de suínos do mundo, e Goiás é o sétimo estado produtor e quarto exportador. A carne suína ainda é pouco consumida em relação a outras no nosso país e tem grande potencial de crescimento. Não somente pela qualidade e sabor, mas também pelo preço competitivo, fruto da eficiência de produção que alcançamos”, ressalta.

Avanços e desafios

De acordo com Iuri, houve avanços no setor nos últimos anos, principalmente com a desmistificação da carne. “A derrubada de preconceitos infundados tem sido um dos maiores avanços na melhoria do mercado da carne suína. A produtividade dos rebanhos também experimentou grande salto na última década. O produtor tem que se profissionalizar, o que inclui planejamento estratégico na aquisição de insumos, como milho e farelo de soja.”

O presidente das comissões da Faeg e CNA reforça que os produtores, por meio de associações e cooperativas e com o apoio da federação, têm se organizado para buscar melhorias nas condições de produção e comercialização. “Isso tanto na eficiência de produção ou no desenvolvimento do varejo, com oferecimento de cortes práticos e atrativos ao consumidor.”

O palestrante enfatiza, entretanto, que são grandes os desafios, especialmente em relação ao acesso ao crédito. “Ainda é o principal gargalo. É uma atividade de ciclo relativamente longo que exige alto investimento em instalações e capital de giro. Sem incentivos específicos são poucos os produtores que entram na atividade.”

Suinocultura - Arquivo Faeg 2
Foto? Arquivo/Faeg

Produção integrada e independente

Goiás tem dois tipos de suinoculturas, observa Iuri. A maior representa mais de 70% do rebanho do estado, que é a integrada à BRF, na região de Rio Verde. “A outra suinocultura, independente, tem crescido e mudado seu perfil nos últimos anos para produtores com maiores escalas e perfil mais empresarial que no passado recente. Goiás não é autossuficiente em produção de carne suína e, em torno de 40% do produto in natura consumido no estado vem de fora, principalmente de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul, ou seja, há muito mercado a ser conquistado.”

Expopec 2018

A novidade deste ano da Expopec 2018 é o espaço para aves. O evento, considerado um dos principais do Centro-Oeste voltado para à cadeia produtiva da carne, tem o objetivo de divulgar e apresentar as tecnologias direcionadas ao aprimoramento da produção de carne bovina, de aves, ovina/caprina e suína, além de discutir e apresentar o que há de mais novo no mercado nacional e internacional.

A expectativa é que a edição de 2018 receba mais de 20 mil pessoas, com volume de negócios superior a R$ 50 milhões. A realização do evento é da Faeg, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/GO), do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/GO) e do Sindicato Rural de Porangatu.

SERVIÇO
3ª Expopec

Data: 22 a 25 de março de 2018 (quinta a domingo)

Local: Parque de Exposições Agropecuárias ‘Hilton Monteiro da Rocha’

Endereço: Av. Brasília, Vila Rosa, Porangatu (GO)
Informações e inscrições: www.expopec.com.br

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: