8º Fórum Mundial da Água começa neste domingo em Brasília

aplicacao---logos_0

O 8º Fórum Mundial da Água começa neste domingo (18) e vai até o próxima sexta-feira (23), em Brasília. O evento será realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional de Brasília. Os organizadores esperam um público de cerca de 30 mil pessoas de todo Brasil e de outros países, o que deve contribuir para movimentar a economia da cidade.

O fórum reunirá autoridades, especialistas, empresários, produtores rurais, ambientalistas, cientistas, professores e estudantes de vários países para debater políticas públicas voltadas ao uso racional da água e outros temas relacionados à sustentabilidade de planeta.

Serão seis dias de reuniões, palestras, painéis, debates, encontros de negócios e eventos paralelos, como o festival gastronômico, mostra de cinema e narrativas de histórias, entre outras atividades.

Uma das atrações do fórum é a Vila Cidadã, espaço aberto à população, no estacionamento do Mané Garrincha. A vila foi inaugurada neste sábado (17) pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

“Quero convidar todos a passarem pela Vila Cidadã para termos uma postura mais responsável e, assim, nossos descendentes terem água de qualidade à disposição”, disse Rollemberg.

Vila Cidadã

A Vila Cidadã abrirá diariamente, das 9h às 21h. Segundo o presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, esse é o primeiro fórum com tanto espaço aberto para a população.

O diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa), Paulo Salles, considerou que o encontro foi “aberto pela porta certa, a da cidadania”.

Entre os atrativos da área de 10 mil metros quadrados da vila, estão simulações da missão brasileira na Antártida e degustação de sucos naturais.

O fórum foi criado, em 1996, pelo Conselho Mundial da Água. Em Brasília, ele é organizado pelo Conselho Mundial da Água, pelo governo local — representado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa) — e pelo Ministério do Meio Ambiente, por meio da Agência Nacional de Águas (ANA).

O megavento ocorre a cada três anos e já passou por Daegu, Coreia do Sul (2015); Marselha, França (2012); Istambul, Turquia (2009); Cidade do México, México (2006); Kyoto, Japão (2003); Haia, Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997).

Da redação, com Agência Brasília

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: