Exportações brasileiras de sêmen bovino saltam de 203,4 mil para 430,3 doses em 3 anos

semen boi Foto Divulgação Seleon Biotecnologia
Foto: Divulgação Seleon Biotecnologia

As exportações de sêmen bovino saltaram de 203.428 doses, em 2014, para 430.392 doses, em 2017. Os números do Sistema Aliceweb, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, reforçam a consolidação do país como um dos principais players globais desse mercado. Os cincos principais importadores são Paraguai, Colômbia, Bolívia, Costa Rica e Equador.

Segundo especialistas do setor de inseminação artificial, o crescimento expressivo das exportações de sêmen nesses três anos mostra que a país tem animais de alto desempenho, seja de raças zebuínas ou europeias, que se adaptaram muito bem ao sistema brasileiro de produção pecuária.

A expansão das exportações é resultado de investimentos em pesquisa, tecnologia e inovação feitos pelo setor privado e instituições públicas como a Embrapa, assinalam analistas do mercado de inseminação artificial.

Eles também destacam a atuação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os técnicos do Departamento de Saúde Animal do Mapa, ressaltam, têm desenvolvido um grande trabalho para estabelecer acordos sanitários com os países importadores, a fim de ampliar mercados para o sêmen brasileiro.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: