Plano Agrícola e Pecuária 2018/2019 deve ter pelo menos R$ 188 bi, segundo o Mapa

O Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2018/2019 deverá contar, no mínimo, com R$ 188 bilhões para as operações de custeio, comercialização e investimento, segundo o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller. O montante é igual ao destinado na safra passada para financiar a agropecuária. O plano, conforme o Mapa, poderá ser anunciado um pouco mais cedo este ano. Em 2017, o PAP foi apresentado em 7 de junho.

O diretor de Crédito do Mapa, Wilson Vaz Araújo, acrescenta que “a agricultura não pode prescindir de níveis adequados de recursos ao produtor pela sua importância no controle da inflação, na balança comercial e na retomada do crescimento econômico”.

Entre as novidades do Plano Safra 2018/2019, estão a implantação de um sistema de seguro que será feito por meio de leilão direto para o produtor, e não pelo agente financeiro. “Precisamos avançar”, assinala Geller.

Na última sexta-feira (23), integrantes do Ministério da Agricultura e da Fazenda, produtores rurais e lideranças de entidades do agronegócio debateram as propostas para o novo plano com mais de 700 produtores, técnicos e estudantes, em Lucas do Rio Verde (MT).

Redução de juros

A principal reivindicação foi a redução da taxa de juros para o próximo Plano Agrícola e Pecuário. Também foram feitos pedidos para reforçar a logística e melhorar a infraestrutura de transporte, com a conclusão da pavimentação da BR-163 e a implantação de ferrovia ligando a Região Centro-Oeste ao terminal de Miritituba, no Pará, e aos demais portos do Arco Norte.

De acordo com o Mapa, os juros poderão recuar a partir de julho, quando começarem os preparativos para o novo ciclo de produção. O corte deve ser feito para seguir as reduções que estão ocorrendo na taxa básica de juros, a Selic, fixada em 6,5% ao ano, contra os 8,5% anuais cobrados sobre as operações de custeio.

 

Foto: Divulgação/Mapa

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: