Abate de bovinos aumenta 1,4% no primeiro trimestre

 

bovinos 9 5
Foto: Joseani Mesquita Antunes/Embrapa

O abate de bovinos teve aumento de 1,4%, o de suínos teve alta de 0,5% e o de frangos redução de 2,0% no 1º trimestre de 2018 frente a igual período de 2017, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (9) pelo Instituto de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Na comparação entre o 1º tri de 2018 e o 4° trimestre de 2017, o abate de bovinos caiu 6,9%, e o de suínos 4,7%, enquanto que o de frangos cresceu 2,6%, chegando a 1,47 milhões de cabeças, informa o IBGE.

Ainda de acordo com o instituto, a aquisição de leite chegou a 6,10 bilhões de litros, o melhor resultado para um 1º trimestre desde 2016, com alta de 4,1% em relação ao 1º tri de 2017 e redução de 6,9% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

A produção de peças de couro cresceu 1,4% frente ao 1º tri de 2017 e recuou 3,3% em relação ao trimestre imediatamente anterior, conforme o IBGE.

Já a produção de ovos subiu 5,2% comparada a 1º tri de 2017, totalizando 831,31 milhões de dúzias, e recuou 2,6% em relação ao trimestre anterior. Tal volume é recorde para um 1º trimestre desde 1987.

A partir desta quarta-feira, o IBGE passa a divulgar os primeiros resultados das pesquisas trimestrais da pecuária, possibilitando acesso mais rápido às informações da conjuntura agropecuária. Esses resultados são preliminares e somente para Brasil, sem desagregações por unidades da federação.

Número de animais abatidos e peso das carcaças de bovinos, suínos e frangos, aquisição de leite cru, aquisição de couro cru e produção de ovos de galinha – Brasil – 1º Trimestre de 2018
Abate de animais, aquisição de leite, aquisição de couro cru e produção de ovos de galinha 2017 2017 2018 Variação (%)
1º Trimestre 4º Trimestre 1º Trimestre 3 / 1 3 / 2
1 2 3
Número de animais abatidos (mil cabeças)
Bovinos 7 398 8 059 7 502 1,4 -6,9
Suínos 10 480 11 053 10 532 0,5 -4,7
Frangos 1 496 769 1 429 337 1 466 167 -2,0 2,6
Peso das carcaças (toneladas)
Bovinos 1 796 565 2 032 979 1 828 986 1,8 -10,0
Suínos 900 320 985 527 938 960 4,3 -4,7
Frangos 3 411 021 3 352 515 3 468 858 1,7 3,5
Leite (mil litros)
Adquirido (cru) 5 854 570  6 544 651  6 094 462 4,1 -6,9
Industrializado 5 843 227  6 538 992  6 090 139 4,2 -6,9
Couro (mil unidades)
Adquirido (cru) 8 347 8 748 8 461 1,4 -3,3
Curtido 8 357 8 782 8 401 0,5 -4,3
Ovos (mil dúzias)
Produção 790 546 853 513 831 306 5,2 -2,6
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Agropecuária, Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, Pesquisa Trimestral do Leite, Pesquisa Trimestral do Couro e Produção de Ovos de Galinha.
Notas: 1. Os dados do 1º trimestre de 2018 são referentes ao primeiros resultados das respectivas pesquisas.
 2. Os primeiros resultados das pesquisas trimestrais da pecuária passaram a ser divulgados a partir do 1º trimestre de 2018 apenas no nível Brasil.  São dados prévios, que podem sofrer alterações até a divulgação dos resultados do trimestre de referência.
3. Os dados do ano de 2018 são preliminares até a divulgação dos dados do 1º trimestre de 2019.

Abate de bovinos

No 1º trimestre de 2018, foram abatidas 7,50 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Essa quantidade foi 6,9% menor que a registrada no trimestre imediatamente anterior e 1,4% maior que a do 1º trimestre de 2017.

A produção de 1,83 milhões de toneladas de carcaças bovinas no 1º trimestre de 2018 recuou 10,0% em relação ao 4º trimestre de 2017 e subiu 1,8% em relação ao 1º trimestre de 2017.

Abate de suínos

No 1º trimestre de 2018, foram abatidas 10,53 milhões de cabeças de suínos, representando queda de 4,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 0,5% na comparação com o mesmo período de 2017.

O peso acumulado das carcaças alcançou 938,96 mil toneladas, no 1º trimestre de 2018, representando queda de 4,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e aumento de 4,3% em relação ao mesmo período de 2017.

Abate de frangos

No 1º trimestre de 2018, foram abatidas 1,47 bilhão de cabeças de frangos. Esse resultado significou aumento de 2,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 2,0% na comparação com o mesmo período de 2017.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,47 milhões de toneladas no 1º trimestre de 2018. Esse resultado representou aumentos de 3,5% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 1,7% frente ao mesmo período de 2017.

Aquisição de leite aumenta

A aquisição de leite cru feita por estabelecimentos sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal), no 1º trimestre de 2018, foi de 6,10 bilhões de litros, o melhor resultado para um 1º trimestre desde 2016. Apesar da redução de 6,9% em relação ao trimestre imediatamente anterior, o valor é 4,1% maior que do 1º trimestre de 2017.

Aquisição de couro

Os curtumes investigados pela Pesquisa Trimestral do Couro – aqueles que efetuam curtimento de pelo menos 5 mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano – declararam ter recebido 8,46 milhões de peças inteiras de couro cru de bovinos no 1º trimestre de 2018. Essa quantidade foi 3,3% menor que a registrada no trimestre imediatamente anterior e 1,4% maior que a registrada no 1º trimestre de 2017.

Produção de ovos

A produção de ovos de galinha foi de 831,31 milhões de dúzias no 1º trimestre de 2018. Na série histórica iniciada em 1987, essa foi a maior produção já registrada em um primeiro trimestre. Esse número foi 2,6% menor que o registrado no trimestre imediatamente anterior e 5,2% superior ao apurado no 1º trimestre de 2017.

Da redação, com Agência IBGE Notícias

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta