Conab vai vender até 100 mil t de milho para pequenos produtores

milho 31 credito_da_foto_Cleverson_Beje_41
Venda em balcão atende demanda de pequenos criadores –  Cleverson Beje/ANPr

O Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (Ciep) autorizou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a vender até 100 mil toneladas de milho em grãos para atender os pequenos criadores de aves, suínos, bovinos, ovinos e caprinos, tendo em visto o aumento da procura pelo produto. A Resolução nº 3, de 15 de outubro, foi publicada nesta quarta-feira (31) no Diário Oficial da União. O volume é válido para a venda em todo o país, nas unidades da Conab que operam o Programa de Vendas em Balcão (ProVB).

Os limites para compra permanecem os da resolução de fevereiro de 2018, que estabelece 10 toneladas para as regiões Nordeste e Norte, e de 14 toneladas para as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul por beneficiários/mês. Já o preço para a venda será baseado nos valores do mercado atacadista local.

Com esta nova autorização do Ciep, a Conab retomará as operações em todo o país. A estatal já programou novas operações de frete para dar continuidade ao abastecimento de milho no país, dando prioridade às regiões que têm forte demanda ou que estejam com os estoques reduzidos.

Vice-presidente da Comissão de Agricultura da Câmara e coordenador da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o deputado federal Evair de Melo (PP-ES) se reuniu nesta segunda-feira (29) com a secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, e com representantes do Ministério da Agricultura, quando recebeu a confirmação sobre o retorno das vendas a balcão em todo o país

Para o parlamentar, essa grande demanda deveria ter sido prevista anteriormente, evitando a suspensão do abastecimento. “Nossos agricultores já enfrentam inúmeras dificuldades por conta da crise econômica, da seca e do endividamento agrícola. Precisamos dar o suporte necessário para continuar gerando empregos e renda no campo.”

Grande demanda

A venda dos estoques de milho pelo ProVB só pode ocorrer com a autorização do Ciep, mas com a grande demanda pelo milho no programa ao longo deste ano, a Conab já havia atingido o limite máximo de venda autorizado anteriormente, de 200 mil toneladas.

A demanda suplementar de 100 mil toneladas se mostrou necessária em virtude do contexto político e econômico do país, incluindo a paralisação dos caminhoneiros ocorrida entre maio e junho, que provocou impacto sobre o abastecimento do milho. Também houve aumento da procura pelo agravamento da seca na Região Nordeste, com quebra de safra, redução da oferta e consequente aumento dos preços praticados nos mercados locais. Essa conjuntura ampliou consideravelmente a busca dos pequenos criadores pelo ProVB.

Com esta nova autorização do Ciep, a Conab retomará as operações em todo o país. A estatal já programou novas operações de frete para dar continuidade ao abastecimento de milho no país, dando prioridade às regiões que têm forte demanda ou que estejam com os estoques reduzidos.

Acesse aqui a resolução.

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: