CNA defende que novo ministro da Agricultura tenha perfil técnico

joao martins cna 5 11
João Martins, da CNA: Indicação  política não seria ideal o Mapa – Tony Oliveira/CNA/Divulgação

O próximo ministro da Agricultura deve ter perfil técnico, preferencialmente um produtor rural ou empresário com vivência no setor. Pelo menos é o que defende a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O presidente eleito Jair Bolsonaro está avaliando o nome que comandará a pasta a partir de 1º de janeiro de 2019.

“Acho que político não deveria ser ministro agora. Muitos políticos perderam a eleição. Então, vamos alocar essas pessoas no ministério? Isso não seria correto”, disse o presidente da CNA, João Martins, ao jornal Valor Econômico.

A preferência de setores do agro pela indicação de um nome de perfil técnico para o cargo foi antecipada neste domingo (4) pelo AGROemDIA. Agora, Martins reforça essa posição, ao dizer que a entidade gostaria que a pasta viesse a ser comandada por um técnico.

Clamor por modernização

O dirigente da entidade também enfatizou ao jornal que há um clamor no setor agropecuário para que o Ministério da Agricultura tenha uma agenda cada vez mais voltada à modernização e à redução da burocracia.

Para Martins, informa o Valor desta segunda-feira (5), o próximo ministro deve ser alguém comprometido com essa agenda, especialmente num momento em que o sistema sanitário brasileiro está sendo colocado em xeque ainda em decorrência de reflexos da Operação Carne Fraca.

“Se a gente continuar com um ministério antigo, permaneceremos com esses problemas, principalmente com países mais exigentes”, afirmo o presidente da CNA ao Valor.

Leia mais: Novo ministro da Agricultura, perfil técnico e facilidade de diálogo

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: