Ouvidor agrário nacional foi exonerado por ser ligado ao PT, diz ministra

tereza cristina 21 21 1 19
Tereza Cristina: Governo busca funcionários alinhados a Bolsonaro – Antonio Araujo/Mapa

Jorge Tadeu Jatobá Correia, ouvidor agrário nacional, foi exonerado do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) por ser ligado ao Partido dos Trabalhadores, disse a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, nesta segunda-feira (21).

“Ele é ligado ao PT. Foi indicado ainda no governo deles. Depois, ficou no governo Temer”, disse a ministra ao blog da Andréia Sadi. “Mas é correto e isento.”, acrescentou, ao explicar o motivo do afastamento de Jorge Tadeu.

A exoneração de Correia foi publicada nesta segunda-feira (21) no Diário Oficial da União.

Segundo a ministra, o secretário especial de Assuntos Fundiários da pasta, Luiz Antônio Nabhan Garcia, está trocando funcionários “por gente mais alinhada ao governo Bolsonaro”.

Uma das principais missões da ouvidoria nacional é prevenir e mediar conflitos agrários. A ouvidoria também tem a missão de articular, nas várias esferas de governo, a garantia dos direitos humanos e sociais de envolvidos em conflitos agrários. Também é a ouvidoria que recebe e encaminha as denúncias de violência no campo e irregularidades no processo de reforma agrária.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: