Bolsonaro destaca crescimento da aviação agrícola brasileira

aviao agricola sindag 11 3 19
Brasil tem a segunda maior frota aeroagrícola mundial – Sindag/Flickr/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro destacou, em sua conta do Twitter, nesta segunda-feira (11), o crescimento de aviação agrícola nacional. O Brasil tem a segunda maior frota aeroagrícola do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

“A confiança na agricultura faz setor de aviação [agrícola] crescer e gerar empregos. A aviação agrícola brasileira entrou 2019 com 2.194 aeronaves, alta de 3,74% em relação ao ano de 2018. O Brasil segue com a segunda maior força aérea agrícola do planeta. Vamos voar mais longe!”, escreveu Bolsonaro.

Entre os estados, a maior frota aeroagrícola do país é a de Mato Grosso, com 464 aviões operados por 25 empresas e 199 operadores privados. O Rio grande do Sul aparece em segundo no número de aviões (427) e em primeiro em empresas (77), além de ter 48 operadores privados.

Além do trato de lavouras, a aviação agrícola é usada na semeadura (inclusive em reflorestamento em locais de difícil acesso), na aplicação de fertilizantes, no trato de floresta e no combate a incêndios florestais.

De 30 de julho a 1º de agosto deste ano, o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) promoverá, em Sertãozinho (SP), mais uma edição do Congresso da Aviação Agrícola do Brasil, um dos maiores eventos do mundo no setor. A expectativa é que a edição de 2019 registre novos recordes.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: