Colheita e venda de mandioca seguem aquecidas, diz Cepea

mandioca 1 4 19 vanderlei santos embrapa
Necessidade de capitalização e liberação de áreas movimenta setor – Vanderlei Santos/Embrapa

A colheita e a comercialização de mandioca continuam aquecidas, devido à necessidade de capitalização e/ou de liberação de áreas arrendadas por produtores consultados pelo Cepea que dispõem de lavouras de dois ciclos ou mais. Esse cenário, aliado à ausência de chuvas, impulsionou a oferta no período. Porém, a redução da moagem em parte da indústria, com algumas até interrompendo o processamento, enfraqueceu a demanda industrial.

Assim, de 25 a 29 de março, o preço médio nominal a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 317,83 (R$ 0,5527 por grama de amido na balança hidrostática de 5 kg), baixa de 4,4% ante o do período anterior. Em termos nominais, a média mensal recuou 9,4% em março, ficando em R$ 337,17 por tonelada (R$ 0,5864 por grama de amido).

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: