Árabes podem reduzir compras de produtos do agro brasileiro

exportacao navio APPA
Países árabes são grandes importadores do agro brasileiro  – APPA/Arquivo

Os países árabes ficaram incomodados com a abertura do escritório brasileiro de negócios em Jerusalém (Israel), informa o site UOL. Reportagem de Vladimir Goitia diz que, por causa disso, o Brasil pode poder participação nas exportações de carne bovina, frango, soja e milho para o mercado árabe.

Ao UOL, o presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, Rubens Hannun, afirmou que pode “haver impacto no comércio, mas não há como quantificar”.

Já Michel Alaby, ex-diretor da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, ao enfatizou ao UOL que a Liga Árabe (22 nações ao todo, excluindo muçulmanos não árabes, como Turquia e Paquistão) “pode trocar os principais produtos brasileiros por fornecedores de outros países, entre eles, Índia, Turquia, Estados Unidos e Argentina”.

O Brasil é o maior exportador mundial de carne halal – técnica de abaste de animais que segue as recomendações do Alcorão – e fornecedor de bovinos vivos para países árabes.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: