Agro enfrenta crise com estimativa de safra de grãos recorde: 238,9 mi de t

milho elio rizzo 11 9
Milho segunda safra impulsiona produção de grãos no país – Elio Rizzo/AGROemDIA

Apesar da crise econômica enfrentada pelo país desde 2015, o produtor rural se mantém firme na atividade. Com clima favorável e a utilização cada vez maior de tecnologia avançada, o agro deve ter mais uma colheita recorde. Segundo estimativa a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção brasileira de grãos em 2018/2019 pode ser a maior da história: 238,9 milhões de toneladas.

A projeção consta do 9º levantamento da safra agrícola, divulgado nesta terça-feira (11) pela Conab. O recorde anterior foi registrado no período 2016/17, de 237,6 milhões, apurado após a atualização da safra de inverno e culturas de 2ª e 3ª safras.

O resultado se deve especialmente ao crescimento da produção de milho. A estimativa da Conab representa crescimento de 4,9% ou 11,2 milhões de t, na comparação com a safra 2017/18.

A área plantada deve ficar em 62,9 milhões, superando os 61,7 milhões de ha a safra anterior, com aumento de 1,9%. O maior crescimento área ocorreu nos plantios de soja, 672,8 mil hectares, milho segunda safra, 795,3 mil hectares e algodão, 425 mil hectares.

A produção do milho primeira safra está estimada em 26,3 milhões de t. O destaque é para a Região Sul do país, que representa mais de 45% do total. Houve uma redução de 2% na área cultivada desta cultura, especialmente em Minas Gerais, Maranhão e no Piauí.

Já o milho segunda safra teve aumento de 31,1% na produção, impulsionado principalmente pelos incrementos esperados em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná. A área cultivada também alcançou um acréscimo de 6,9%, em comparação com 2017/18.

A área plantada deve ficar em 62,9 milhões, superando os 61,7 milhões de ha a safra anterior, com aumento de 1,9%

Soja, arroz e feijão

A soja deve alcançar 114,8 milhões de t, 3,7% a menos do que na safra 2017/18. Desse total, 8% estão nas Regiões Centro-Oeste e Sul. Houve um crescimento de 1,9% na área de plantio.

A produção de arroz está prevista em 10,5 milhões de t, 12,9% a menos que na safra passada, principalmente em razão das reduções ocorridas nos estados produtores de destaque: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso e Tocantins.

No feijão primeira safra houve diminuição de 13,2% na área e 22,8% na produção em comparação com 2017/18. O feijão segunda safra teve 1,47 mil hectares cultivados, com destaque para Ceará, Mato Grosso e Paraná, como as maiores áreas plantadas no período. O plantio do feijão terceira safra está em andamento, com estimativa de área semeada de 591 mil hectares.

Safra inverno 2019

Com o início do plantio, a partir de abril, estima-se a produção das culturas de inverno (aveia, canola, centeio, cevada, trigo e triticale) em cerca de 0,8% superior à obtida em 2018.

Clique para obter mais informações sobre a produção de grãos no Brasil.

Da redação, com Conab

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: