Globo ataca produtores rurais em paródia sobre agrotóxicos

globo globo globo

Da redação/AGROemDIA

Se já não era bem vista entre parcela expressiva dos produtores rurais brasileiros – principalmente após a candidatura e eleição do presidente Jair Bolsonaro, que tem apoio majoritário na área agrícola e com frequência questiona o jornalismo praticado pela emissora –, agora a Rede Globo de Televisão passou a ser ainda mais criticada pelo setor. O motivo é o esquete “Sítio do Pica-pau com Sequela”, uma paródia sobre a liberação de 290 agrotóxicos pelo governo federal nos últimos sete meses, exibida no programa humorístico Zorra Total desse sábado (3).   

Ilustrada com animação digital, na qual aparece, por duas vezes, a figura de um ruralista de terno e gravata borrifando árvores frutíferas – numa clara alusão à bancada ruralista no Congresso Nacional –, a paródia da trilha musical do Sítio do Pica-pau Amarelo tem 1min41s e termina com uma caveira verde, com a seguinte legenda: “290 agrotóxicos liberados só nos últimos 7 meses no Brasil.” A letra é esta:

“Borrifada na goiaba/Pra agradar a tal bancada/Tem veneno na panela/E a banana brilha amarela/Sítio do Pica-pau com sequela/Espiga de milho transgênico/Caprichada no arsênico/E o Saci criou três pernas/Para ruralista a vida é bela/Sítio do Pica-pau com sequela/Agrotóxico na semente/Rabicó ficou doente/Dona Benta matusquela/E a Emília ficou banquela/Sítio do Pica-pau com sequela.”

“Terrorismo contra o produtor rural”

Os produtores rurais reagiram em grupos no Facebook e em aplicativos, principalmente no WhatsApp. Um deles foi o Citricultura Paulista, que publicou nota de repúdio no Facebook, classificando a paródia como “um ato de terrorismo contra o produtor rural, sem embasamento teórico e científico.” “Respeitem a agricultura. Respeitem o produtor rural”, cobra a nota.

nota citricultura paulista

“Poluidores e predadores”

Em áudio veiculado num grupo de WhatsApp, um advogado e ex-deputado federal ligado ao setor rural disse: “Decidi, indignado, usar das estruturas que eu tenho disponíveis para ser carro de som demonstrando a importância do uso da tecnologia, dos meio que a ciência nos oferece e contestando essas posições equivocadas, diletantes, urbanas, de poluidores e predadores que não se dão conta da importância do uso da tecnologia e da alimentação do mundo.”

Para ele, a sátira do Zorra é resultado de diletantismo, de equívoco ou de posição mal-intencionada.  “O primeiro dos direitos humanos é a vida e não há vida sem alimento. E não há alimento para abastecer o mundo sem que haja aumento da produtividade. E a tecnologia enseja esse aumento de produtividade com sustentabilidade.”

Outros, ainda mais indignados, fizeram comentários mais ácidos à paródia e à Globo.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “Globo ataca produtores rurais em paródia sobre agrotóxicos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: