Falta de chuvas na região central do Brasil atrasa plantio de soja

soja vazio sanitario foto gabriel jabur ag brasilia
Foto: Gabriel Jabur/Ag. Brasília/Arquivo

A pouca – ou nenhuma – ocorrência de chuvas na região central do Brasil impossibilitou o início do plantio de soja da safra 2019/2020 logo após o término do vazio sanitário em alguns estados, informa a edição de setembro do Boletim de Monitoramento Agrícola da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Ainda segundo o boletim, a ocorrência de chuvas na Região Sul beneficiou o desenvolvimento do trigo. No entanto, assinala a Conab, as chuvas foram abaixo da média.

Já na região do Sealba (Sergipe, Alagoas e leste baiano), as chuvas beneficiam a cultura do milho, que está em fase de frutificação, de acordo com o Boletim de Monitoramento Agrícola.

Índice de Vegetação

O Índice de Vegetação, outro indicador monitorado no estudo, apontou boas condições para o desenvolvimento das culturas de inverno no Rio Grande do Sul. No Paraná, entretanto, os gráficos mostraram uma redução no desenvolvimento do trigo devido às intempéries climáticas.

As análises ocorreram entre os dias 1º e 15 de setembro e tiveram como foco principal os cultivos de inverno. O boletim dá apoio tanto às projeções de estimativa de safra quanto à formação de conjunturas de mercado e gestão de estoques da Conab.

As condições atuais das lavouras são avaliadas por meio do monitoramento agrometeorológico nas principais regiões produtoras do país, em complementação aos dados de campo. O objetivo da combinação de coleta e análise de dados é gerar diagnósticos precisos da safra para garantir a assertividade das estimativas de produção.

Clique aqui para acessar o Boletim de Monitoramento Agrícola.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta