Pronaf: Sai lista dos produtos da agricultura familiar com bônus em janeiro

agricultura familiar agencia alagoas 16 10 19
Foto: Agência Alagoas/Gov. AL

Agricultores familiares que cultivam o maracujá em Sergipe vão poder contar co o bônus do Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar (PGPAF) para os financiamentos dessa cultura no mês de janeiro. O percentual do desconto é calculado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para os produtos que, no mês anterior, tiveram preço de mercado inferior ao mínimo estabelecido pelo governo federal.

Os maiores percentuais por produto serão pagos aos produtores de cebola do Rio Grande do Sul (45, 21%) e de manga em São Paulo (49,59%). Também foram contemplados agricultores familiares produtores de banana (AL, CE, PB e PE), borracha natural cultivada (MA), castanha de caju (BA, CE, MA, PB, PE, PI e RN), cebola (RS e SC), Feijão Caupi (PA, TO, MA, PB, e MT), laranja (PA e BA), mamona em baga (CE), manga (BA e SP), mel de abelha (BA, PI, RN, SE, MG, PR, RS e SC) e raiz de mandioca (PA, AL e CE).

Em janeiro, deixam de ser contemplados com o bônus do programa os agricultores familiares que cultivam açaí, babaçu, cana-de-açúcar, leite de vaca e tomate.

O bônus do PGPAF é concedido sempre que o valor de mercado de algum dos produtos do programa ficar abaixo do preço de garantia e deve ser utilizado como desconto para pagamento ou amortização de parcelas de financiamento no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O objetivo do Pronaf é financiar a implantação, ampliação ou modernização das estruturas de produção, beneficiamento e indústrias no meio rural e em áreas comunitárias rurais.

A lista foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) dessa terça-feira 7.

Para saber o detalhamento completo da lista, com os percentuais e estados de cada produto contemplado, é só clicar aqui.

Da Conab

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: