Indicador do café arábica recua 50 reais/sc em janeiro, diz Cepea

cafe graos paulo lanzetta embrapa 9 10 19
Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

As cotações do café arábica recuaram de forma expressiva no primeiro mês de 2020, indicam dados do Cepea. A média do Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, foi de R$ 493,03/saca de 60 kg, baixa de 52,14 Reais/por saca de 60 kg (ou -9,5%) em relação à média de dezembro/19, de R$ 545,17/sc.

A forte baixa, segundo pesquisadores do Cepea, esteve atrelada ao recuo dos valores externos, que, por sua vez, foram influenciados por fatores técnicos.

Além disso, as primeiras estimativas para a safra 2020/21 no Brasil indicam boa produção. A Conab indicou, em janeiro, que a colheita de café deve variar de 57,2 a 62 milhões de sacas, elevação de 15% a 26% frente à temporada 2019/20.

Quanto ao robusta, os preços domésticos da variedade também recuaram em janeiro, ainda que em menor intensidade que os do arábica. A média do Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 foi de R$ 303,02/saca de 60 kg, baixa de 2,6% (ou 8,36 Reais/sc) em relação a dezembro/19.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: