Ritmo da colheita de mandioca diminui; demanda segue estável

mandioca plantacao MC marcos rangel embrapa

Por causa das medidas para conter a disseminação do Covid-19, alguns municípios tiveram restrições no transporte de trabalhadores rurais, especialmente no Paraná e em São Paulo. Esse cenário, segundo pesquisadores do Cepea, limitou o avanço dos trabalhos no campo, especialmente a colheita da mandioca.

Enquanto a oferta está em queda, a demanda industrial permanece estável, uma vez que parte da indústria tem necessidade de reposição de estoques, seja por estratégia comercial ou para atender alguns pedidos, apesar do ritmo mais lento das atividades.

Quanto aos preços, a média nominal da semana, considerando-se a tonelada de mandioca posta fecularia, foi de R$ 379,23 (R$ 0,6595 por grama de amido, na balança hidrostática de 5 kg), queda de apenas 0,9% frente à média anterior.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta