Abraleite: Entrega de alimentos a pais de alunos ajuda na comercialização do leite

Geraldo Borges, presidente da Abraleite – Foto: Elio Rizzo/AGROemDIA

A autorização para a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) aos pais ou responsáveis pelos alunos vai contribuir para que pequenos produtores – entre eles, os de setor leiteiro – possam manter a comercialização neste momento de restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), segundo a Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite).

“A medida resolve uma pequena parte da comercialização [da cadeia leiteira]”, disse o presidente da Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite), Geraldo Borges. “Esse foi mais um dos pleitos que fizemos e que o governo do presidente Jair Bolsonaro atendeu.”

A permissão para entrega dos alimentos comprados via Pnea direto aos pais e responsáveis pelos alunos, enquanto durar o período de emergência, consta da Lei 13.987, sancionada nessa terça-feira 7 pelo presidente Bolsonaro.

O texto “altera a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, para autorizar, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica.”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta