FPA: Medidas do governo em apoio ao agro beneficiam produtores de todos tamanhos

Alceu Moreira, presidente da FPA – Foto: FPA/Divulgação

As medidas apresentadas pelo governo federal em apoio à agropecuária, diante da pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), mostram “respeito pelo agronegócio brasileiro e beneficiam agricultores de todos os tamanhos”, segundo o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Alceu Moreira.

A bancada ruralista participou de reunião por videoconferência com o ministro da Economia, Paulo Guedes, nessa quarta-feira 8, para debater as medidas que foram tomadas para apoiar o agro. As propostas foram aprovadas, ainda na noite de quarta, pelo Conselho Monetário Nacional.

O pacto de medidas prevê a prorrogação das amortizações de financiamentos de custeio e de investimentos, vencidas e não pagas e vincendas até 15 de agosto de 2020, às taxas de juros originais da operação.

Para as cooperativas, agroindústrias e cerealistas serão liberados recursos do crédito rural para financiamento de estocagem e comercialização, bem como a criação de linha emergencial para financiar capital de giro. O período para contratação vai até o dia 30 de junho de 2020, com limite de até R$ 65 milhões por beneficiário, com prazo de pagamento de 240 dias.

Pequenos produtores

Os pequenos produtores dos setores de flores, hortifrútis, leite, aquicultura e pesca terão ajuda para assegurar pequenas despesas na propriedade para recompor sua estrutura produtiva. Também serão liberados recursos destinados ao custeio da atividade e manutenção do produtor e sua família, por meio de uma linha especial de crédito criada com este fim, no âmbito do Pronaf. O prazo será de três anos para pagamento, com taxas de juros de 4,6% e limite por produtor de R$ 20 mil.

Já os médios produtores dessas atividades, que se enquadram no Pronamp, terão o mesmo prazo de pagamento do crédito, mas com taxas de juros de 6% a.a., e limite de R$ 40 mil.

De acordo com o deputado federal Zé Mário (DEM/GO), as medidas vão ao encontro do que pleiteava a Frente Parlamentar Agropecuária, “dando possibilidade aos pequenos produtores de buscarem crédito antecipado.”

Arnaldo Jardim (Cidadania/SP), que também participou da reunião com Paulo Guedes, considera importante assegurar agora linhas de crédito. Com isso, acrescentou, será possível suportar a queda de demanda que alguns segmentos do agro brasileiro venham a enfrentar em consequência da pandemia.

Da Agência FPA e Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta