Exportação de carne bovina tem alta de 17,2% em 2020; desempenho recorde

Foto: Juliana Sussai/Embrapa

Passados os primeiros sete meses do ano, as exportações brasileiras de carne bovina seguem registrando desempenho recorde, tanto em termos de volume quanto de receita. E esse contexto global se soma ao real desvalorizado frente ao dólar, mantendo a carne brasileira competitiva no mercado internacional.

De janeiro a julho, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia, os embarques de carne bovina in natura totalizaram 946,67 mil toneladas, 17,2% superiores aos dos sete primeiros meses de 2019 e um recorde para o período.

Em julho, especificamente, as exportações brasileiras de carne in natura somaram 169,24 mil t, apenas 0,73% abaixo do recorde verificado em outubro/19. Essa quantidade embarcada no mês passado foi 11% maior que a de junho e 31,2% acima da de julho do ano passado, ainda com base nos dados da Secex.

No mercado interno, sustentados pelo bom desempenho das exportações e pela baixa oferta de animais prontos para o abate, os preços do boi gordo seguem firmes no mercado brasileiro, segundo pesquisadores do Cepea.

 Do Cepea

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta