Agro&Negócio: Produtores rurais do oeste baiano vencem desafios com tecnologia

Ricardo Wegrzynovski (Weg)*

Clique aqui para ouvir a coluna em áudio

LUÍS EDUARDO KASUYA: INOVAÇÃO IMPULSIONA O AGRO DO MATOPIBA

Uma das mais novas fronteiras agrícolas brasileiras, o oeste baiano é hoje um grande polo de produção de algodão, milho e soja, além de ter uma pecuária de ponta.


Na foto: Luís Eduardo Kasuya

O sucesso da região está relacionado principalmente à disposição dos produtores rurais – a maioria migrantes do Sul e Sudeste do país – em apostar no uso de tecnologia para correção do solo, semeio, tratos culturais, colheita e gestão dos recursos hídricos. Não por acaso, as lavouras do oeste baiano são atualmente uma das mais tecnologizadas do país.

Podcast AGROemDIA – Ouça aqui a íntegra da entrevista com Luís Eduardo Kasuya:

Luís Eduardo Kasuya, diretor comercial da Kasuya Inteligência Agronômica, com sede no município de Luís Eduardo Magalhães, acompanha há anos o permanente avanço da incorporação de tecnologia e de inovação nas propriedades rurais do oeste baiano. Em entrevista à coluna Agro&Negócio, do portal AGROemDIA, Kasuya diz que uma das características dos produtores rurais da região é encarar desafios, o que os incentivou a se aliarem à tecnologia e à inovação para superá-los, transformando o oeste baiano num dos grandes exportadores de grãos do Brasil.

ASSISTA AQUI A ÍNTEGRA DA COLUNA Agro&Negócio:

+ DE U$ 1 BILHÃO EM INVESTIMENTO, QUASE UNICÓRNIO

Com investimentos a partir de U$ 1 bilhão, as startups são consideradas “unicórnios”. Pois bem, no setor do agronegócio, uma dessas está perto de chegar lá. Trata-se da Agrofy. A startup agritech argentina é uma plataforma de comércio eletrônico. Uma mistura de Mercado Livre com OLX, porém com foco no agro, mais precisamente em máquinas agrícolas. É um enorme classificados de máquinas e implementos. Ao todo são mais de 20 categorias. “Es un portal de contenidos y más de 20 categorías de productos y servicios para productores”, diz Alejandro Larosa, cofundador da startup.

Hoje, a Agrofy já tem 280 funcionários e opera em sete países, entre eles Estados Unidos, Brasil, Colômbia, Chile e Uruguai. “Tiene más de 4 millones de visitas mensuales, que acceden a 20 categorías de productos: maquinaria, fertilizantes, créditos, seguros y servicios de fletes, por ejemplo”, afirma o empresário. Isto mesmo: mais de 4 milhões de visitantes mês. Um sucesso.

E, sim, há investidores brasileiros na Agrofy. Os mesmos que estão de olho nas startups aqui que desenvolvem projetos para as regiões produtoras do nosso país.

INSUMOS: R$ 100 MILHÕES EM 24 HORAS

A Orbia, joint-venture da Bayer Crop Science com a Bravium, quebrou um recorde histórico no mercado do agro e comercializou mais de R$ 100 milhões em insumos dentro da plataforma em menos de 24 horas, superando em 600% os resultados do Orbia Day, maior ativação até então. Além disso, atingiu R$ 250 mil em sacas de soja transacionadas na plataforma de commodities.

O processo de digitalização do agronegócio passou por uma aceleração em 2020, impulsionada pelo cenário de pandemia, que exigiu uma adaptação mais intensa. Se dentro da porteira o Brasil estava entre as maiores potências no que diz respeito à tecnologia das lavouras, os hábitos de compra e comercialização por parte dos produtores rurais ainda estão em processo de atualização.

É em meio a este cenário que nasceu a Orbia, marketplace que une três iniciativas focadas no agronegócio: compra e venda de insumos, programa de coalizão e plataforma de venda de commodities, novidade lançada no final de julho.

Com o objetivo de promover uma revolução no agro brasileiro, a empresa não para de crescer e alcançou resultados surpreendentes em pouco mais de um ano de existência. No início de junho, promoveu a maior ativação digital do agronegócio durante o Orbia Day, quando foram comercializados mais de R$ 10 milhões em insumos agrícolas em apenas três horas.

A evolução da Orbia continua de forma acelerada. No dia 28 de julho último, ela lançou a plataforma de commodities, na qual os produtores podem negociar e vender a produção sem precisar sair de casa.  A empresa conta com uma base de quase 170 mil usuários cadastrados, cerca de 70% da área plantada no país.

Além da Orbia, uma outra plataforma surge no retrovisor, e vem acelerada. Trata-se da Aproxima Grãos. A plataforma está pronta para ser lançada e, como no nome sugere, vai aproximar produtores e compradores de grãos.

São startups assim, como a Orbia e a Aproxima Grãos, que vão alavancar os negócios de grãos no mundo. A tecnologia vai fazer com que os preços baixem ao consumidor final e, principalmente, valorizar quem produz. Viva a tecnologia.

PEIXE NA REDE: MAIS 5 TERMINAIS PESQUEIROS SERÃO PRIVATIZADOS

Cinco novos terminais pesqueiros que foram qualificados pelo Programa de Parceria de Investimentos (PPI) serão concedidos à iniciativa privada. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) será responsável por elaborar os procedimentos licitatórios para viabilizar a concessão dessas estruturas.

Foram qualificados pelo programa os terminais pesqueiros públicos de Natal (RN), Aracaju (SE), Vitória (ES) e os de Santos e de Cananéia (SP).

Foto: Gov. Brasil

De acordo com o cronograma apresentado ao Ministério da Economia, o Mapa planeja que a concessão desses terminais seja concluída até o fim de 2021.

Atualmente, já estão na carteira do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) para o processo de desestatização os terminais de Cabedelo (PB), Belém (PA) e Manaus (AM).

FAZENDA 3 MARIAS FATURA R$ 818 MIL EM REMATE VIRTUAL

Com compradores de Santa Catarina, do Paraná e de Mato Grosso do Sul, o 8º Dia de Negócios e Leilão da Fazenda 3 Marias Agronegócios, de Videira (SC), faturou R$ 818.100,00. Realizado de forma virtual, o remate garantiu média de R$ 12.063,00 aos machos Angus e de R$ 7.200,00 às fêmeas Angus. O pregão foi comandado pelo leiloeiro Candido Scholl, da leiloeira Pampa Remates, de Dois Vizinhos (PR).

Segundo o proprietário da 3 Marias, Dorival Carlos Borga, a realização do leilão de forma remota, devido à pandemia de covid-19, permitiu que os criadores tivessem mais acessibilidade ao remate. “Superou as nossas expectativas”.

REPRODUTORES TEM VALORIZAÇÃO SUPERIOR A R$ 60 MIL NO 1º PRIME ANGUS

Com a oferta de 30 touros, o 1º Leilão Prime Angus – Touros de Central teve 100% dos produtos comercializados no remate realizado no início deste mês. Os reprodutores tiveram média de venda de R$ 25 mil, informa Heitor Pinheiro Machado, veterinário representante da empresa organizadora do leilão, a SAP. O preço top, no entanto, superou R$ 60 mil.

O remate com reprodutores Angus foi mais um evento com grande procura de investidores pela genética da raça, especialmente dos estados de Goiás, São Paulo e do Rio Grande do Sul, destaca Fernando Velloso, da Assessoria Agropecuária e Inspetor Técnico da Angus. O evento foi comandado pelo Programa Leilões, com apoio da CRIO Central Genética Bovina.

Foto: Premix/Divulgação

ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS NA DIETA DE BOVINOS

Uma dieta balanceada é fundamental para suprir as necessidades nutricionais do rebanho bovino, enfatiza o biomédico, doutor em Biotecnologia e analista de Pesquisa e Desenvolvimento na Premix, Luis Eduardo Ferreira. Isso é importante para a manutenção da integridade fisiológica e bioquímica dos animais, além do fortalecimento do sistema imunológico (defesa) do organismo, preservando assim a saúde e o bem-estar de todo o plantel.

Com a nutrição adequada, os animais têm melhor desempenho metabólico, o que favorece o aumento da produção de leite, qualidade da carne e acabamento de carcaça no período da engorda. Além disso, auxilia no sistema reprodutivo das matrizes na fase de cria e, principalmente, no crescimento durante a recria.

Segundo Ferreira, diversos estudos nas áreas de química, biologia molecular e nanotecnologia, entre outras, prometem não apenas enxergar o animal como um todo, mas também tornar o segmento de nutrição ainda mais específico e eficiente, suprindo todas as necessidades fisiológicas, especialmente na bioquímica celular.

Nesse contexto, de acordo com Ferreira, os ‘ácidos graxos essenciais’ têm ganhado destaque, estando cada vez mais presentes na composição da dieta dos animais.

Em linhas gerais, os ácidos graxos são gorduras obtidas a partir do processamento de matérias-primas naturais, na maioria das vezes de origem vegetal, como os óleos de girassol, canola, linhaça, algodão, soja, milho, mamona e castanhas, entre outros.

Esses compostos também podem ter origem animal, quando obtidos a partir de peixes e de alguns frutos do mar.

Os estudos de Ferreira são aprofundados. Vale a pena conhecer e ler os trabalhos do biomédico. Ele pode ser encontrado no Linkedin ou na Premix, em Ribeirão Preto, São Paulo.

SAÚDE PELO CANO. LIMPEZA EVITA PERDAS

A presença do biofilme nas tubulações das granjas pode afetar a saúde dos animais e a eficácia de vacinas e medicamentos ofertados pela água. Assim, é importante que os produtores fiquem atentos à limpeza desses canos para que não haja perdas.

Tão importantes quanto qualquer outra parte da instalação, as tubulações desempenham papel fundamental na granja para transportar a água potável para manter a hidratação dos animais e garantir a sua saúde.

Entretanto, é imprescindível que, para manter a qualidade da água, os encanamentos estejam devidamente limpos e em bom estado. Para Ana Caselles, gerente técnica regional da Sanphar Saúde Animal, muitos produtos utilizados via água de bebida podem ir se acumulando ao longo das tubulações. Com o tempo, esses produtos, se não houver limpeza com a devida frequência, acabam aderindo à parte interna da tubulação.

“Além disso, há o biofilme, uma estratégia para sobrevivência das bactérias, que se aderem à parede do encanamento, que, junto da sujeira aderida e à água, se alimentam e se multiplicam. Isso proporciona um crescimento rápido e novos pontos de formação de biofilme e contaminação na tubulação”, explica a especialista da Sanphar.

Conforme Ana Caselles, embora a ingestão do biofilme em si não esteja associada diretamente a enfermidades, pode haver a persistência de agentes patogênicos (como Salmonella) na água de bebida por conta do biofilme de um lote para outro. Ou seja, as doenças vão passando pelo cano e chegam pelos canos para toda a granja.

Para solucionar a questão da sanidade das granjas, a Sanphar Saúde Animal oferece o Timsen®. É uma solução para limpeza das tubulações e retirada do biofilme. Trata-se de um desinfetante ‘biocida’ à base de ‘cloreto de alquil dimetil benzil amônia 40%’ na forma de cristais solúveis. A fórmula, patenteada, possui amplo espectro de ação e eficácia, mesmo na presença de matéria orgânica.

CONGRESSO DE ALGODÃO EM PLATAFORMA DIGITAL

As águas calmas da Baía de Todos os Santos vão se agitar com a realização do 13º Congresso Brasileiro do Algodão (CBA), nos dias 17, 18 e 19 de agosto do ano que vem (2021), no Centro de Convenções de Salvador. É o que promete a Associação Brasileira de Produtores de Algodão (Abrapa), organizadora do evento.

Nesta edição, o evento terá a participação online de congressistas e a eventual possibilidade de palestrantes, de maneira virtual, em diferentes partes do mundo. O tema do evento, que conta com o apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), será “Algodão brasileiro – desafios e perspectivas no novo cenário mundial”.

SUSTENTABILIDADE EM DEBATE

Para destacar a sustentabilidade ambiental no Brasil, a BW Expo, Summit e Digital 2020 – 3ª Biosphere World prepara um evento inovador, entre os dias 17 e 19 de novembro. A proposta é disseminar informações relevantes e apresentar novas tecnologias e cases bem-sucedidos.

A BW 2020 será totalmente virtual, com transmissão ao vivo dos eventos de conteúdo, das atividades interativas, das ações de relacionamento e de negócios, e da exposição de produtos, serviços e tecnologias.

A ideia é reunir o máximo possível de profissionais e empresas que priorizam a sustentabilidade ambiental em suas atividades ou que atuam diretamente no fornecimento de tecnologias que reduzem o impacto ao meio ambiente.

CARGILL E AURORA SEMENTES NO OPEN FOOD INNOVATION SUMMIT

Braço direito da Cargill para estratégia e inovação digital, novos produtos, desenvolvimento de negócios América Latina, João Alexandre Lopes de Carvalho será um dos principais palestrantes da 2ª edição do Open Food Innovation Summit. O evento ocorrerá nos dias 14 e 15 outubro deste ano e será transmitido pela internet.

Também confirmaram presença Mariana Vasconcelos, da Agrosmart – plataforma de agricultura digital; Rodrigo Kronbauer, da Local Farmers – startup que conecta produtores rurais com a demanda do mercado por produtos orgânicos; Maurício De Bortoli, da Sementes Aurora; e Emilio Sepulveda, da Natural Machines.

O pessoal vai apresentar as soluções para a alimentação hiperlocal, a diversidade presente no sistema delivery, a importância do food care, a comida feita à mão e falar sobre o conceito de zero desperdício.

SEMINÁRIO ON-LINE SOBRE AGRICULTURA DE PRECISÃO

Com o objetivo de disseminar conceitos da agricultura de precisão e digital, seus desafios e o panorama das novas fronteiras, a Associação Brasileira de Agricultura de Precisão (AsBraAP) promove o primeiro Seminário On-line de Agricultura de Precisão e Digital. O evento ocorrerá de 1º a 3 de setembro.

O AsBraAP contará com palestras diárias e gratuitas com o seguinte tema: Desafios para a disseminação da agricultura de precisão e digital entre outros pontos agritech, ou seja, que unam agricultura e tecnologia.

Entre os palestrantes confirmados estão Fernando Camargo, secretário de Inovação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Gregory Riordan, do ConectarAgro; André Dobashi, da Aprosoja MS; e Telmo Amado, da Universidade Federal de Santa Maria.

EMPRESA SUSTENTÁVEL: UM CICLO NATURAL

A Ymbu Agroflorestal tem investido no reflorestamento com árvores nativas da Caatinga, no Ceará. A intenção é unir crescimento econômico, equilíbrio ecológico e progresso social. Por isso, desde 2015, quando foi fundada, a Ymbu mostra que, embora seja um grande desafio, aliar produção rural com conservação é totalmente concebível, além de necessário para o futuro do Planeta.

A fazenda está localizada aos pés da Serra do Baturité, no município de Caridade, no Ceará. Trata-se de uma região de transição, que abrange biomas de Mata Atlântica, Mata Seca e Caatinga, cercada pela maior e mais antiga área de preservação ambiental (APA) do estado e com uma exuberante riqueza de biodiversidade.

A empresa também presta consultorias em reflorestamento e recuperação de áreas   degradadas. Além do viveiro para produção de mudas em grande escala, conta com uma equipe treinada e maquinário para trituração e limpeza de terreno, incorporação de matéria orgânica e plantadeira de mudas.

GESTÃO DE RESÍDUOS: TEREOS ECONOMIZA R$ 125 MIL

Com o projeto de gestão de resíduos, a empresa Tereos economizou R$ 125 mil com o transporte de materiais a aterros sanitários. Além disso, quatro toneladas de adubo orgânico serão produzidas por mês.

A Tereos Açúcar & Energia Brasil, uma das líderes mundiais na produção de açúcar e etanol, com unidades na região noroeste do estado de São Paulo, tem entre seus princípios o cuidado com o meio ambiente.

Sempre atenta a ações sustentáveis, a empresa acaba de implantar o projeto de gestão de resíduos. A ação surgiu do desejo de reaproveitar os resíduos orgânicos, incluindo a sobra dos alimentos dos restaurantes, para transformá-los em adubo orgânico, por meio de composteiras.

RAÍZEN INVESTE EM PREVENÇÃO E COMBATE AO FOGO

Para ampliar ainda mais o combate e a prevenção a incêndios, a Raízen reforça as ações junto aos seus funcionários, parceiros, fornecedores de cana e sociedade civil.

Como parte dessa estratégia, a Raízen acaba de lançar uma campanha de comunicação visual com o mote “Quem ama a terra, não chama o fogo”.

A campanha informa as medidas preventivas adotadas pela empresa e mostra como cada pessoa consegue contribuir com mudanças pequenas do cotidiano, mas que são de extrema importância para prevenir incêndios.

EQUIPAMENTOS PARA COMBATE AO FOGO NO AGRO

Quem tem se destacado nessa área é a Exitofire, empresa paulista que apresenta várias soluções. Entre elas, uma viatura com equipamentos desenvolvidos exclusivamente para o agro. A empresa tem como diretor de projetos Marius Carlo Guirado, inventor de novas tecnologias, com inúmeros cases de sucesso.

PRAGAS, UM PESADELO ANTIGO

A gigante Bayer quer nos livrar do pesadelo das pragas.  De fato, o manejo e controle adequados garantirão que a cultura de soja se desenvolva com qualidade e responsabilidade ambiental.

Bom, quem lida com o trabalho agrícola conhece perfeitamente os desafios que são enfrentados para que a cultura se desenvolva de forma saudável. Um deles está relacionado ao combate a doenças na lavoura de soja.

Não é à toa que, antes do plantio, é importante rever o histórico da área para entrar com o manejo adequado e evitar danos maiores. Essa etapa consiste em averiguar quais são as pragas que podem prejudicar a lavoura.

A Bayer destaca que possui um portfólio completo de produtos criados exclusivamente para a cultura de soja. Bom, vale saber mais com quem entende do assunto. Fica a dica e vamos prestar atenção nas soluções da gigante Bayer.

SUMITOMO APRESENTA SOLUÇÕES PARA AMENDOIM E CANA

A japonesa Sumitomo Chemical comunica que obteve o registro oficial para a aplicação de seu herbicida ZethaMaxx® na cultura do amendoim. Segundo a companhia, o ZethaMaxx® conta com amplo espectro de controle em pré-emergência, com ação eficaz sobre plantas invasoras monocotiledôneas e dicotiledôneas.

Ainda de acordo com a empresa, o herbicida, descrito como altamente seletivo, pode ser empregado com sucesso em suporte à renovação de canaviais e na meiose.

EMPRESA ENTRA NO MERCADO DE PRODUTOS PÓS-COLHEITA

A Sumitomo Chemical informa também a sua entrada no mercado de produtos agrícolas para aplicação em pós-colheita. A estreia da companhia japonesa no segmento vem com o regulador de crescimento FYSIUM®, específico para maçã, cultura cuja colheita, no Brasil, ocorre entre os meses de fevereiro e maio e se concentra na região Sul: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, sobretudo.

 FEEDIS® ANUNCIA DOIS REFORÇOS NO TIME

Dois novos profissionais passam a compor o time Feedis®. O médico veterinário Felipe Rodrigues Chagas, especialista em Nutrição Avícola, e a médica veterinária Júlia Balena Spricigo são os novos talentos, apostas apoiadas no crescimento sustentável desta nova fase da companhia austro-brasileira.

UPL LANÇA CAMPANHA PARA INTENSIFICAR COMBATE A PRAGAS AGRÍCOLAS

A UPL, uma das quatro maiores empresas de soluções agrícolas do Brasil, está intensificando o combate a pragas por meio de uma nova campanha: “Guardiões da Produtividade”.

A iniciativa visa a disseminar um programa de manejo que promete alta eficácia, longo residual e amplo espectro, com diferentes modos de ação, afirma o gerente de inseticidas da UPL Brasil, Sérgio Chidi.

Com ingredientes ativos em concentração e formulação exclusivas, o inseticida Sperto proporciona ‘alta performance, longo período de controle, seletividade e manejo de resistência’, garante a UPL. No milho, é indicado para cigarrinha e percevejo barriga verde; na soja, é eficaz contra a mosca branca, percevejo marrom e percevejo verde pequeno, diz a gigante de soluções agrícolas.

*Jornalista multimídia e consultor de marketing digital voltado ao agronegócio

Contatos:

agroemdia@gmail.com

ricardowegjornalista@gmail.com

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta