Precipitações frequentes limitam qualidade das laranjas em São Paulo

As chuvas constantes das últimas semanas nas principais regiões citrícolas do estado de São Paulo não ocasionaram perdas nos pomares, mas estão limitando a qualidade das laranjas. De acordo com pesquisadores do Cepea, a elevada umidade do solo favorece a proliferação de doenças fúngicas.

Além disso, com as precipitações frequentes, as frutas estão crescendo muito, fazendo com que a oferta de laranjas graúdas aumente – muitas vezes, atingindo tamanhos acima do desejado pelo mercado de mesa e com alta sensibilidade da casca.

Nesse cenário, o número de laranjas destinado à moagem deve crescer nos próximos dias, já que as exigências de qualidade deste segmento são menores e que a demanda no mercado de mesa está desaquecida, o que típico para este período do ano.

Na média da parcial de janeiro (até o dia 21), a laranja pera é negociada a R$ 39,41/cx de 40,8 kg, na árvore, 9% inferior à de dezembro.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: