Poder de compra do avicultor cresce, mas ainda é menor que em 2020

Foto: Pixabay License

O poder de compra do avicultor de postura frente aos principais insumos de alimentação (milho e farelo de soja), que vinha recuando desde fevereiro, tem se recuperado neste mês de junho.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário se deve ao aumento dos preços dos ovos e à desvalorização do cereal e do derivado de soja.

Na primeira quinzena do mês, as cotações dos ovos subiram, impulsionadas pelo aquecimento das vendas e refletindo também os esforços do setor em controlar a oferta da proteína.

Pesquisadores do Cepea ressaltam, contudo, que o poder de compra deste mês ainda está bem abaixo do verificado em junho de 2020.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: