PI: Produtores querem laboratório de qualidade de leite e novas tecnologias

Foto: Patrícia Rocha/Embrapa

A instalação de um laboratório de análise de qualidade do leite e novas tecnologias para o melhoramento genético do rebanho bovino leiteiro são as principais demandas apontadas por produtores do Piauí. “Temos potencial para sermos referência em análise de leite no Nordeste”, afirmou o produtor Rafael Carneiro, que participou do encontro com os gestores da Embrapa Meio-Norte, em Teresina, na semana passada.

Segundo ele, “não há sequer um laboratório em todo o Nordeste e todas as análises são enviadas para outras regiões do país, gerando um entrave à dinâmica do processo”.

Outros problemas da cadeia do leite, como a questão de um “diagnóstico local do setor, assistência técnica, controle de doenças e o preço da energia” – insumo de maior custo na composição dos preços do leite – também foram apontados pelos produtores.

O presidente da Câmara Setorial do Leite no Piauí, Antônio Carlos Júnior, fez um apelo: “Precisamos do trabalho de todos os órgãos envolvidos no setor: bancos, indústria, Embrapa, Sebrae e Senar, pois não adianta aumentar o volume de produção apenas com a tecnologia, se não há escoamento, venda, fiscalização e acesso justo a mercados”.

Antônio Carlos também reclamou do comércio irregular. “Hoje, combater a venda clandestina de leite é uma prioridade para o segmento, já que a concorrência desleal é uma realidade”.

A cadeia produtiva do leite no Piauí, concentrada no norte do estado, reúne cerca de 500 pecuaristas. Os municípios que se destacam são Caraúbas, São José do Divino, Parnaíba e Cocal, além das localidades Rosário e Brejinho.

Em novembro deste ano, a Embrapa Meio-Norte participará da festa do leite em São José do Divino, com uma programação técnica na Unidade de Execução de Pesquisa (UEP) de Parnaíba e visita ao Distrito de Irrigação Tabuleiros Litorâneos do Piauí (DITALPI).

Da Embrapa Meio-Norte

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: