Da lavoura e do clima

Da redação//AGROemDIA

Nestes tempos pandêmicos e de escritas, falas e imagens postadas a todo instante nas redes sociais, ora com alguma informação relevante, ora simplesmente asneiras, quando não tão somente mentiras, o jornalista e articulista Gil Reis contempla a amazônica Belém e busca inspiração nas águas da Baía do Guajará para escrever poemas curtos sobre o homem do campo e o meio ambiente, sem qualquer pretensão de ser um poeta. Apenas um observador do correr dos dias com uma única certeza: a Terra é redonda.    

Por Gil Reis

Um mundo de baboseiras

Teses e teses

Sem eira nem beira

Eita mundo véio

Sem porteiras

********************************

Energias alternativas que nada

Toda a humanidade enganada

Comprando “pó de fada”

********************************

Alterações climáticas

Realidade de quem

No agro trabalha

********************************

Faça sol, faça chuva

Seca ou enxurrada

O homem do campo encara

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: