Custo de produção do leite em outubro sobe quase 100% em relação a setembro

Foto: Divulgação

Os custos de produção do leite subiram 2,67% em outubro. É o que mostra o Índice de Custos de Produção de Leite – ICPLeite/Embrapa, calculado pela Embrapa Gado de Leite. O ICPLeite de outubro foi divulgado neste sábado (13).

Em setembro deste ano, o ICPLeite aumentou 1,37%. Com isso, a alta registrada em outubro foi quase o dobro da verificada no mês anterior.

Ainda de acordo com a Embrapa Gado de Leite, em 10 meses (janeiro a outubro), o ICPLeite acumula alta de 23,20%. Nos últimos 12 meses, os gastos dos produtores para produzir aumentaram 34,55%.

Segundo a Embrapa Gado de Leite, a limitação das exportações de adubos e fertilizantes imposta pela Rússia reduziu ainda mais a oferta desses insumos, disparando seus preços.

“Isso, somado ao aumento dos combustíveis, levou o grupo produção e compra de volumosos a apresentar a maior inflação entre os grupos que compõem o indicador, de 9,45%”, acrescenta a Embrapa Gado de Leite.

A alta dos combustíveis no mercado mundial tem tido forte impacto no Brasil porque a Petrobras adotou a política de Preço de Paridade de Importação (PPI), que considera nos cálculos dos reajustes dos combustíveis as variações cambial e da cotação do petróleo internacional, além dos custos logísticos para trazer os produtos de outros países.

Com a atual política de Preço de Paridade de Importação, para todo combustível consumido no Brasil é cobrado preço de importação, ainda que a maior parte da demanda seja atendida com produção interna.

Leia, abaixo, a íntegra do boletim de outubro do ICPLeite/Embrapa:

Em outubro, ICPLeite registrou alta de 2,67%

Manuela Lana, Paulo Martins, Alziro Vasconcelos, Samuel Oliveira*

Em outubro, a inflação do custo de produção foi 2,67%, segundo o Índice de Custos de Produção de Leite – ICPLeite/Embrapa, calculado pela Embrapa Gado de Leite. A limitação das exportações de adubos e fertilizantes imposta pela Rússia reduziu ainda mais a oferta desses insumos, disparando seus preços. Isso somado ao aumento dos combustíveis, levou o grupo produção e compra de volumosos a apresentar a maior inflação entre os grupos que compõem o indicador, 9,45%. Em segundo lugar, o grupo energia e combustíveis variou 6,60%, apresentando aumento de preços de todos os seus itens. Outros três grupos apresentaram inflações em menor intensidade. Qualidade do leite aumentou 1,56%, sanidade, 0,51%, e alimentação concentrada, 0,30%. Os grupos mão de obra e reprodução não apresentaram variação e o grupo sal mineral foi o único a apresentar deflação, variando -0,06%.

VARIAÇÃO DE CUSTOS DE PRODUÇÃO DE LEITE, GERAL E POR GRUPO

Outubro de 2021

Índice geral e grupos – Variação no mês (%)

ICPLeite/Embrapa: 2,67%

Mão de obra: 0,00%

Produção e compra de volumosos: 9,45%

Alimentação concentrada: 0,30%

Sal mineral: – 0,06%

Sanidade: 0,51%

Reprodução 0,00%

Energia e combustível 6,60%

Qualidade do leite 1,56%

Fonte: Embrapa Gado de Leite

Em 10 meses, o ICPLeite/Embrapa acumulou alta de 23,20%. A variação acumulada pelo grupo produção e compra de volumosos foi praticamente o dobro da variação do indicador. Em seguida, sal mineral e energia e combustível também acumularam variações superiores à do índice: 24,38% e 24,17%, respectivamente.

ICPLeite/Embrapa – Acumulado no ano 2021

Índice geral e grupos – Variação no ano (%)

ICPLeite/Embrapa: 23,20%

Mão de obra: 1,79%

Produção e compra de volumosos: 56,04%

Alimentação concentrada: 20,69%

Sal mineral: 24,38%

Sanidade: 9,26%

Reprodução: 0,00%

Energia e combustível: 24,17%

Qualidade do leite: 20,03%

Fonte: Embrapa Gado de Leite

A inflação acumulada em 12 meses do ICPLeite/Embrapa foi de 34,55%, voltando a subir após um mês de queda. Produção e compra de volumosos liderou este ranking, acumulando em um ano variação de 67,89%. Isso representa um aumentando em 10% em relação ao acumulado anterior. Já a variação do grupo alimentação concentrada cedeu 4,9% em relação ao período anterior, apresentando 43,81%. O mesmo ocorreu com o grupo sal mineral, cuja variação cedeu 3%, apresentando em outubro inflação de 24,85% contra 28,04% em setembro.

ICPLeite/Embrapa – Acumulado nos últimos 12 meses

Índice geral e grupos – Variação no ano (%)

ICPLeite/Embrapa: 34,55%

Mão de obra: 1,79%

Produção e compra de volumosos: 67,89%

Alimentação concentrada: 43,81%

Sal mineral: 24,95%

Sanidade: 9,57%

Reprodução: 0,00%

Energia e combustível: 25,03%

Qualidade do leite: 20,70%

Fonte: Embrapa Gado de Leite

*Técnicos da Embrapa Gado de Leite

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: