La Niña pode prejudicar lavouras de melancia no RS

Reprodução: YouTube

O plantio de melancia no Rio Grande do Sul continua avançando, com algumas lavouras em Arroio dos Ratos já iniciando a colheita de forma pontual para abastecer o mercado regional. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, até o momento, o clima seco na região tem favorecido o desenvolvimento das frutas, que vêm apresentando calibre elevado, apesar das recentes baixas temperaturas registradas no estado. No entanto, a grande possibilidade de ocorrência do La Niña nestes últimos meses de 2021 tem preocupado produtores gaúchos.

De acordo com a NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration), há 90% de chance de ocorrência do fenômeno entre novembro e janeiro no Brasil. No Sul do país, o La Niña costuma atrasar as chuvas, o que pode limitar a produtividade, principalmente nas lavouras de sequeiro.

Outro impacto negativo do tempo mais seco é o aumento da incidência de viroses, o que tende a elevar ainda mais os custos de produção e, consequentemente, reduzir a rentabilidade da cultura, caso os preços não subam na mesma proporção.

O cenário pode ser mais preocupante em Encruzilhada do Sul, devido à menor disponibilidade de água nos açudes da região frente às outras praças produtoras de melancia no estado.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: