Temperatura e umidade elevadas acarretam perdas em SP; preço da alface cai

Foto: Italo Ludke/Embrapa

O calor e a umidade elevada dos últimos dias favoreceram a incidência de fungos e bacterioses nas roças do interior de São Paulo, prejudicando a qualidade das alfaces. De acordo com produtores de Mogi das Cruzes e de Ibiúna consultados pelo Hortifruti/Cepea, esse cenário acarretou perda de mercadoria na última semana (13 – 17). Mesmo assim, a oferta da folhosa aumentou, devido ao maior plantio em novembro, o que, somado à demanda enfraquecida, acabou pressionando os valores.

Em Mogi, o preço da crespa fechou a semana com média de R$ 16,94/cx com 20 unidades, 15,3% menor que a da semana anterior; para a americana comercializada na mesma praça, a média fechou a R$ 17,25/cx com 12 unidades, recuo de 4,16%. Na região de Ibiúna, as médias foram de R$ 12,62/cx com 20 unidades para a crespa, de R$ 10,25/cx com 20 unidades para a lisa, e de R$ 17,41/cx com 12 unidades para a americana, fortes desvalorizações de 15,83%, 26,78% e 14,34%, nesta ordem.

Do Cepea/Hortifruti

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: