Preço dos ovos atinge recorde, mas poder de compra é o pior da história

Foto: Luiz Agner/Ag. IBGE de Notícias

Durante a maior parte de 2021, o mercado de ovos registrou preços elevados, motivados pela demanda aquecida, pela oferta mais controlada e por repasses dos aumentos aos custos de produção, o que resultou em valores recordes para o produto, em termos reais.

Dados do Cepea mostram que a caixa de 30 dúzias do produto branco tipo extra, a retirar em Bastos (SP), atingiu R$ 135,51 na média de abril, o valor mais alto de toda a série histórica do Cepea, iniciada em 2013 (valores deflacionados pelo IPCA de novembro/21).

Mesmo assim, o poder de compra do avicultor de postura frente aos principais insumos da atividade, milho e farelo de soja, foi o pior da história em 2021, devido à valorização mais intensa desses itens frente aos ovos.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: