Fundo aprova R$ 1,1 milhão para indenizações da pecuária de leite no RS

Foto: Emater/RS/Divulgação

Os valores de indenização do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS para a pecuária leiteira foram atualizados. Em assembleia geral extraordinária realizada nessa segunda-feira (21), os conselheiros aprovaram o reajuste de 14,65% na tabela. O percentual aplicado leva em consideração os valores de UPF (unidade padrão fiscal), majorados em 2021 e 2022. Eles também aprovaram o pagamento de R$ 1,1 milhão em indenizações referentes a 732 bovinos leiteiros.

A tabela é utilizada para a indenização de vacas, novilhas, machos inteiros ou castrados e de tração, com suas funções em estabelecimento vinculado a produção leiteira. Os machos com idade superior a 24 meses, que apresentem resultado positivo, serão indenizados no valor de R$ 1,5 mil, independentemente de raça ou valor genético.

Para receber a indenização, o produtor precisa estar em dia com as contribuições do fundo e ter realizado o saneamento dos animais dentro do estabelecido pelo PNCEBT – Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose.

Veja como ficou a tabela:

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: