Tecnologias e pesquisas precisam chegar aos pequenos e médios produtores

car _ ivo cassol
Senado quer aperfeiçoar política de pesquisa e tecnologia agrícola – Geraldo Magela/Ag.Senado

O Brasil precisa ter políticas específicas para incentivar a oferta de veterinários e agrônomos, além de facilitar o acesso às novas pesquisas e tecnologias no campo, como sementes, equipamentos e adubos.

A conclusão é dos participantes de audiência pública promovida pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), nessa terça-feira (26).  Segundo eles, nem sempre a evolução científica e tecnológica contempla todos os produtores.

Muitos avanços ainda não chegam aos pequenos e médios produtores, disse o presidente da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), Valmisoney Jardim.  “É preciso fazer com que as pesquisas já existentes cheguem até o produtor.”

Jardim enfatizou ainda não se referia à tecnologia só de máquinas e implementos. “Muitas vezes é a maneira do produtor gerir a propriedade e cuidar do seu rebanho, do alimento que ali é produzido, que ele cuida dos recursos naturais existentes na sua propriedade. Isso é utilizar tecnologia.”

Os senadores assinalaram que a modernização no campo ajuda a aumentar a produção de alimentos e a renda dos trabalhadores. A senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou a importância das novas tecnologias nas lavouras e nos rebanhos.

“Hoje, de toda a produção agropecuária brasileira, da agricultura familiar, do quilombola, de tudo, 68% é tecnologia. Por isso, chegamos aonde chegamos”, enfatizou ela.

Até o final deste ano, a CRA deve analisar os problemas e prioridades da pesquisa agropecuária no Brasil. A ideia, segundo o presidente da comissão, senador Ivo Cassol (PP-RO), é sugerir mudanças na lei para aperfeiçoar a política do setor.

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta