Corte no orçamento da ciência ameaça futuro do Brasil, alertam ganhadores do Nobel

ciencia t
Redução também poê em risco avanço tecnológico – Valter Campanato/Ag.Brasil

Em carta enviada por e-mail ao presidente Michel Temer, um grupo de 23 ganhadores do Prêmio Nobel alerta que os cortes orçamentários nas áreas de ciência e tecnologia “comprometem seriamente o futuro do Brasil” e precisam ser revistos “antes que seja tarde demais.” Eles pedem ao governo que mude sua postura em relação ao setor, informa Herton Escobar, no site do Estadão.

O documento, enviado ao gabinete da Presidência da República nessa sexta-feira (29), faz referência ao corte de 44% no Orçamento deste ano do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Menciona ainda a perspectiva de um novo corte em 2018, que deverá ser da ordem de 15%, caso o Projeto de Lei Orçamentária Anual enviado pelo governo ao Congresso seja aprovado sem alterações.

“Isso danificará o Brasil por muitos anos, com o desmantelamento de grupos de pesquisa internacionalmente reconhecidos e uma fuga de cérebros que afetará os melhores jovens cientistas” do País, escrevem os pesquisadores.

O orçamento deste ano do MCTIC é o menor de todos os tempos, com cerca de R$ 3,2 bilhões disponíveis (depois do contingenciamento de 44% no início do ano) para o financiamento de pesquisas e pagamentos de bolsas em todo o país. Isso equivale a um terço do que o ministério tinha quatro anos atrás (antes de ser unificado com a pasta de Comunicações). A proposta inicial do governo para 2018 é reduzir esse valor ainda mais, para R$ 2,7 bilhões.

Os cortes orçamentos em ciência e tecnologia também afetam a agropecuária, tanto em relação à agricultura familiar quanto na empresarial. Ambas os setores dependem de pesquisa científicas e inovação tecnológica para modernizar e fortalecer seus sistemas produtivos.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: