Anater e Emater-MG estabelecem nova parceria para apoiar agricultura familiar

Parceria Anater- Emater-mg Foto Jerusia Arruda (1)
Foto: Jerusia Arruda/Anater

A Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) assinou, nesta quarta-feira (8), novo instrumento de parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG) por meio do programa Ater Mais Gestão. A cooperação vai beneficiar 44 empreendimentos coletivos da agricultura familiar em Minas, sendo 24 associações (55%) e 20 cooperativas (45%), com total de 3005 associados, entre extrativistas, quilombolas, indígenas, aquicultores, pescadores, silvicultores, assentados do Programa Nacional de Reforma Agrária e demais agricultores familiares.

Com investimento de R$ 5.402.692,00 – R$ 4.848.772,00 recursos da Anater e contrapartida de R$ 553.920,00 da Emater –, a nova parceria prioriza o gerenciamento dos empreendimentos e sua inserção no mercado.

O presidente da Anater, Valmisoney Moreira Jardim, explica que a Anater já está presente em 21 unidades da Federação, ampliando o acesso a um serviço técnico orientado e qualificado, cumprindo o papel para o qual a foi criada. Ele destaca que em Minas Gerais alguns projetos já estão em estágio avançado. “Minas Gerais é referência na extensão rural brasileira, e a parceria da Anater com a Emater-MG tem fortalecido ainda mais esse trabalho. Hoje são mais de R$ 20 milhões em investimento por parte da Anater no estado, contemplando os diversos públicos da agricultura familiar, de forma especial àqueles que vivem em situação de vulnerabilidade social e que mais necessitam de apoio técnico e socioeconômico”.

O presidente da Emater-MG, Glênio Martins, diz que a Anater pegou de fato um ritmo de trabalho, em que os fluxos, as peças jurídicas e administrativas e os instrumentos já estão construídos, e a parceria está potencializando o trabalho da Emater. “Além dos projetos que já estão sendo executados, estamos tratando aqui de novas parcerias que irão beneficiar produtores de leite, do queijo artesanal e da agroecologia. De fato, as perspectivas que se abrem são muito promissoras e tenho certeza de que Minas Gerais vai fazer um grande esforço para ser uma referência no país na parceria com a Anater”, ressalta.

Projetos

Somente neste ano, a Anater iniciou três projetos em parceria com a Emater-MG, com investimento de mais de R$ 11,3 milhões, recursos do governo federal, repassados à Anater através da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).

Os projetos Piloto e D. Helder Câmara integram 3.795 famílias de agricultores de 158 municípios, em sua maioria, na região de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Também está sendo realizado o projeto de fortalecimento da Ater nos perímetros irrigados do Jaíba e Gorutuba, integrando 800 agricultores familiares, sendo 600 no Jaíba e 200 no Gorutuba.

A parceria entre a Anater e a Emater-MG também vai beneficiar 1.000 agricultores familiares produtores de leite, 300 produtores de queijo artesanal e 300 produtores de agroecologia, em diferentes regiões do Estado, além de 44 organizações, através do projeto Ater Mais Gestão assinado nesta quarta-feira, todos com previsão de início para ainda este ano, com investimento de cerca de R$ 10 milhões.

Em todos os projetos, as famílias beneficiadas receberão acompanhamento técnico até 2020. Para executar as ações, 382 extensionistas já passaram por cursos de formação e outros 602 serão formados, se qualificando para levar ao campo a proposta da Anater, que possui um viés no desenvolvimento comunitário sustentável, visando gerar conhecimento dentro da própria comunidade.

Presidente da Frente Parlamentar de Assistência Técnica e Extensão Rural, o deputado federal Zé Silva diz que a Anater traz uma nova perspectiva de reestruturação da extensão rural no Brasil. “A Anater é um projeto que iniciamos quando era presidente da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer) e da Emater-MG, e, chegando à Câmara dos Deputados, fiz uma indicação e a agência foi criada pela Presidência da República, tornando esse sonho realidade. Nesse momento de transformação, em que o Brasil está precisando de uma travessia para um novo tempo, a Anater tem uma importante missão e, com sua atuação, caminhamos para que a assistência e extensão rural seja, efetivamente, uma ferramenta de transformação social no campo e garanta a segurança alimentar para as cidades”, conclui o parlamentar mineiro.

Chamadas públicas

Além da parceria com a Emater, Minas Gerais também está contemplada nas chamadas públicas que estão sendo realizadas pela Anater, para contratação de entidades para execução de serviços de Ater. Os três editais em curso destinam R$ 23.180.457,52 para o estado mineiro.

A chamada pública no âmbito do projeto D. Helder Câmara integra 82 municípios mineiros e irá beneficiar 4.565 famílias de agricultores em situação de pobreza rural, sendo que 1.025 destas famílias também receberão recurso do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

No âmbito do Programa Nacional de Crédito Fundiário, o edital vai contemplar 450 famílias mineiras, visando a promoção da agricultura familiar sustentável. Já pelo programa Ater Mais Gestão, o estado mineiro está inserido na chamada pública que irá beneficiar 69 empreendimentos da Agricultura Familiar.

Da Anater

 

 

 

 

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: