Drones serão usados pelo Incra para dividir terrenos em assentamentos

drones embrapa fabiano estanislau
Incra esperar agilizar delimitação de áreas com o uso de drones – Fabiano Estanislau/Embrapa

Mato Grosso do Sul será o primeiro estado brasileiro a usar drones na solução de questões relacionadas à divisão de terrenos em assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Os equipamentos começarão a ser empregados com essa finalidade já no início de 2019.

A informação foi dada pelo diretor de Ordenamento da Estrutura Fundiária do Incra, Cletho Muniz de Brito, durante o V Seminário do SIG (Sistema de Informações Geográficas), realizado nesta semana, na Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande (MS).

Segundo Brito, a expectativa é que em fevereiro a autarquia comece a usar drones em assentamentos para fazer a delimitação de áreas.

O diretor do Incra destacou que uma maior divulgação de informações do setor é necessária, visando desenvolver novos métodos com a utilização desses aparelhos na gestão fundiária. Ele informou também que as demonstrações práticas com esses equipamentos poderão ocorrer na Fazenda Itamarati, em Ponta Porã, onde a área é de 50 mil hectares e tem mais de 2 mil famílias assentadas.

Precisão

Edalto Gomes, chefe da Divisão de Geomensura do Incra, ressalta que os equipamentos permitem a delimitação dos terrenos dos assentamentos com precisão, sem ir a campo, de maneira remota, “com maior velocidade em relação ao sistema presencial”.

Conforme os técnicos da área, os aparelhos também podem ser utilizados no censo agropecuário e em locais prioritários de preservação ambiental.

Da redação, com informações do Incra

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: