Alceu Moreira: Autonomia do BC favorece debate sobre novo modelo de crédito rural

alceu moreira 30 11
Alceu Moreira defende novo sistema de financiamento agrícola – Lucio Bernardo Junior/Câmara

A proposta de autonomia do Banco Central (BC) pode abrir espaço para a discussão de um novo modelo de financiamento para a agricultura brasileira, avalia o deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS), vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). “Com uma possível redução das taxas de juros, por exemplo, com ofertas de crédito mais atrativas ao setor, os custos da produção agropecuária podem ficar mais equilibrados”, diz Alceu Moreira, que será o próximo presidente da FPA, em substituição à futura ministra da Agricultura, deputada Tereza Cristina (DEM-MS).

A autonomia do BC, com mandato fixo para o presidente e diretores, é proposta pelo projeto de lei (PLP 32/03), em tramitação na Câmara dos Deputados. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, também defendem a independência da instituição.  O assunto, inclusive, está sendo tratado pela equipe de transição de governo.

O relator do projeto, que aguarda parecer da Comissão de Finanças e Tributação, é o deputado Celso Maldaner (MDB-SC), membro da FPA. O BC autônomo, afirma, permitirá usar instrumentos para colaborar com as metas da inflação, controle das taxas de juros e acesso a crédito. Para ele, é possível votar o texto ainda neste ano.

Nesta semana, o projeto foi debatido pela FPA com representantes do Banco Central. Segundo o diretor de Administração do BC, Maurício Moura, interferências na autonomia da instituição causam desconfiança dos mercados internacionais, além de volatilidade nas metas de inflação: “Se você tem uma expectativa positiva para a inflação, isso ajuda a manter um sentimento de segurança nas taxas correntes. A autonomia também traz redução de custos, principalmente administrativos.”

Da redação, com FPA

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta