Queda nos preços reduz negociação de café arábica

cafe arábica 16 1 19
Desvalorização do arábica está relacionada à queda das cotações na Bolsa de NY – Embrapa

Grande parte dos produtores de café arábica está retraída das negociações, devido ao recuo acentuado das cotações nos últimos meses e às expectativas de uma temporada 2019/20 satisfatória. Assim, segundo informações do Cepea, o ritmo de negócios de café arábica continua lento. Em relação aos preços, o arábica tem se desvalorizado nesta parcial de janeiro, devido à queda dos valores na Bolsa de Nova York (ICE Futures).

Nessa terça-feira, 15, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, fechou a R$ 402,67/saca de 60 kg nessa terça-feira (15), recuo de 3,08% entre 28 de dezembro de 2018 a 15 de janeiro de 2019.

Do Cepea

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta