Plano Safra agrada Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães

cicero spr lem tereza cristina MC divulgacao
Cícero, presidente do SPRLEM, com Tereza Cristina: Plano Safra adequado – SPRLEM/Divulgação

Da Redaação/AGROemDIA

Representante dos produtores de um dos principais municípios agrícolas do país, o Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães (SPRLEM), no oeste baiano, avalia que o Plano Safra 2019/2020 ficou dentro da expectativa do setor. Segundo o presidente do SPRLEM, Cícero José Teixeira, o governo federal compensou o pequeno aumento dos recursos com uma melhor distribuição dos valores para o crédito rural e juros adequados.

“O interessante foi a forma de distribuição dos recursos [para pequenos, médios e grandes produtores], mais adequada às necessidades do setor”, assinala Cícero. Os juros, acrescenta, também ficaram dentro da normalidade, mas com mais equilíbrio nas taxas. “Quem pode mais, paga mais. Quem pode menos, paga menos.”

Dos R$ 225,59 bilhões destinados ao Plano Safra, R$ 222,74 bi são para o crédito rural (custeio, comercialização, industrialização e investimentos), R$ 1 bi para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e R$ 1,85 bi para apoio à comercialização. A liberação dos recursos começará em julho e vai até junho de 2020. O valor total é pouco maior que os R$ 225,3 bi do ciclo passado.

Segundo o Mapa, os produtores beneficiários do Pronaf terão R$ 31,22 bilhões à disposição.

Além disso, o Plano Safra destina R$ 500 milhões para construção ou reforma de moradias de pequenos agricultores. O valor é considerado suficiente pela pasta para construir até 10 mil casas.

tabela juros plano safa

ABC, Moderfrota, Moderagro, Moderinfra

Cícero destaca que os recursos para o crédito de investimento também tiveram foco mais bem definido. O Programa ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono), por exemplo, contará com R$ 2.096 bilhos. “Isso vai permitir reativar o programa, que estava meio parado.”

O presidente do SPRLEM enfatiza ainda que o Moderfrota recebeu um montante significativo, de R$ R$ 9.690 bilhões, o que reforça o programa. “Os valores destinados ao Moderagro, de R$ 1,2 bilhão, e ao Moderinfra, de R$ 732 milhões, também ficaram bons.”

De um geral, avalia Cícero, o Plano Safra 2019/2020 deve atender todas as cadeias produtivas. Em Luís Eduardo Magalhães, grande produtor de algodão, milho e soja, a maior demanda é por logística, observa o presidente do SPRLEM, que reúne 680 dos mais de mil produtores (pequenos, médios e grandes) do município.

Cícero participou do anúncio do Plano Safra, na última terça-feira (18), no Palácio do Planalto, e conversou rapidamente com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, além de outras autoridades.

tabela programa investimento plano safra 2019 2020

cicero pres sind prod rurais lem MC divulgacao mais produtores
SPRLEM/Divulgação

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: