Tereza Cristina vai em busca de solução para a crise do setor de arroz

tereza cristina e eduardo sampiaio_carlos silva_mapa
Tereza Cristina falará com ministro Paulo Guedes sobre a situação da cadeia produtiva da orizicultura – Carlos Silva/Mapa

Da redação/AGROemDIA

O governo deve buscar uma forma para resolver a crise da cadeia produtiva da orizicultura, segundo a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Em um áudio enviado a um produtor de arroz do Rio Grande do Sul e compartilhado em grupos de WhatsApp nesse domingo (23), Tereza Cristina diz conhecer a gravidade de situação, anuncia que conversará com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o assunto e indica que o caminho é algo tipo uma securitização das dívidas, “que é a única solução para o setor arrozeiro”.

Abaixo, a resposta dada pela ministra ao produtor gaúcho que lhe enviou um áudio relatando a crise vivida pelo setor de arroz:

“Eu ouvi tudo que você falou. Já tinha visto o vídeo do seu Ademar [Kochenborger, também produtor de arroz do RS; no vídeo, ele relata a crise vivida pelo setor]. Eu tenho conversado com todo o pessoal do arroz tentando arrumar uma alternativa. Eu estive aí [no RS] durante a enchente [no início do ano e que causou perdas à cadeia produtiva]. Conheço a situação de vocês há muito tempo e nós temos que achar uma solução, que não é uma solução comum. É uma solução totalmente diferente, porque prorrogar a dívida de vocês não adianta mais, seria uma paliativo. Eu consegui abrir as exportações para o México, o que melhora um pouco. O arroz saiu de 36 [reais] para 42 [reais a saca]. Foi graças a uma dessas medidas, mas a gente sabe que nada disso vai resolver. A situação de vocês é realmente complicadíssima. Nós precisamos aprovar logo essa Previdência para o Brasil entrar em equilíbrio fiscal e a gente tentar qualquer coisa, tipo uma securitização, que é a única solução para o setor arrozeiro. Eu sei o desespero de vocês, compreendo e nós estamos buscando uma medida. Eu hoje estou em Roma [a ministra viajou para votar na eleição do novo diretor-geral da FAO, o chinês Qu Dongyu], estou indo para Bruxelas [onde participa de reuniões com a Comissão Europeia], na quinta-feira à noite saio de volta, sexta estou aí e prometo para vocês que vou ter uma reunião com o ministro Paulo Guedes para ver se a gente arruma uma solução definitiva. E também tem que resolver o problema do custo do arroz, porque se não nós arrumamos uma solução que logo, logo vai estar inviabilizada também. Temos que retomar medidas para que esse mercado reaja.”

 

  

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: