Agricultura familiar do RS: Plantio de forragem tem reforço de R$ 2 milhões

tereza cristina invertida antonio araujo mapa 04 02 2020
Ministra Tereza Cristina anuncia repasse de R$ 2 milhões para apoiar agricultores familiares gaúchos – Foto: Antonio Araujo/Mapa/Divulgação

O Programa de Sementes Forrageiras do governo do Rio Grande do Sul vai receber um reforço de R$ 2 milhões dos cofres federais. A medida visa apoiar os agricultores familiares gaúchos, especialmente os produtores de leite. Desde o final de 2019, o estado enfrenta uma forte estiagem, que provocou redução na produção leiteira e nas safras de milho e soja.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira 4, em Brasília, pela ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o secretário de Agricultura Familiar do Mapa, Fernando Schwanke.

“O Ministério da Agricultura, através da Secretaria de Agricultura Familiar, vai enviar R$ 2 milhões para, em conjunto com o governo do estado, atender os pequenos produtores no plantio de forragens com sementes e insumos para que vocês possam produzir forragem para o gado, para que a situação da seca seja minimizada”, disse a ministra.

Tereza Cristina lembrou que esteve no Rio Grande do Sul no início da semana e viu de perto a situação dos produtores rurais. “Isso é para mostrar que o Ministério da Agricultura tem uma parceria com os pequenos produtores, e nós não hesitamos em chegar em Brasília e acharmos uma solução para poder amenizar. Estamos trabalhando com outras soluções e outras possibilidades para atender os produtores rurais que passam por um momento de grave crise.”

“Vamos continuar dando atenção para o Rio Grande do Sul, que passa por um momento extremamente grave. Este recurso para [para o Programa de Sementes Forrageiras] já é um alento importante para que o governo possa atender todos os pequenos produtores de leite”, disse Schwanke.

SAIBA MAIS

Programa Sementes Forrageiras

Fomenta a aquisição de sementes forrageiras a serem utilizadas por agricultores e pecuaristas familiares na formação de pastagens de inverno e verão destinadas à alimentação dos rebanhos de leite e corte nos estabelecimentos de base familiar. Os produtores participam do programa por meio de suas entidades representativas (sindicatos, associações e cooperativas) que acessam crédito de financiamento FEAPER com bônus adimplência de 30% aos produtores e pagamento no ano subsequente. (Fonte: Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do RS)

Da redação, com informações do Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta