Estimativa de maior estoque global pressiona cotações da soja

Foto: Danilo Estevão/Embrapa/Divulgação

Os preços da soja caíram no Brasil e nos Estados Unidos ao longo da semana passada, influenciados por estimativas do USDA indicando maior estoque mundial nas safras 2020/21 e 2021/22.

Pesquisadores do Cepea ressaltam que a desvalorização do dólar frente ao real, contudo, limitou a queda nos preços internacionais – à medida que deixa a oleaginosa norte-americana mais atrativa – e reduziu a liquidez no Brasil.

Diante disso, entre 4 e 11 de junho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá caiu 2,2%, fechando a R$ 169,41/sc de 60 kg na sexta-feira (11). No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná cedeu 1,7%, indo para R$ 165,35/sc de 60 kg.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: