Comissão aprova preço mínimo por região produtiva

a _ pgpm 23

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que estabelece que os preços mínimos de produtos agrícolas serão definidos por regiões com semelhante custo de produção, incluindo os custos variáveis (despesas com mão de obra, sementes, adubos, entre outros).

O projeto (PL 7698/17) é de autoria do deputado Covatti Filho (PP-RS) e foi aprovado na forma de um substitutivo apresentado pelo relator, o deputado Reinhold Stephanes (PSD-PR).

O texto original estabelece que os preços mínimos – definidos pela Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) do governo federal – serão fixados por estado, observado os custos de produção locais. Stephanes disse que a proposta acaba não abarcando as diferenças de custo que ocorrem em uma mesma unidade da federação.

“Dentro de uma mesma unidade federada existem, em não raras oportunidades, estruturas topográficas, de clima e de tipo de solo completamente diversas, impactando distintamente custos fixos e variáveis”, observou o deputado paranaense.

A melhor saída, segundo ele, é determinar a fixação dos preços mínimos por região produtiva – que pode até abranger mais de um estado.

A PGPM fornece um conjunto de instrumentos para garantir a renda dos produtores contra as variações de preço no mercado. Entre estes estão a compra do excedente de produção e o financiamento da estocagem sempre que o preço de mercado se situar abaixo do ‘piso’ determinado pelo governo.

O PL 7698/17 tramita de forma conclusiva e será analisado agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Da redação, com Agência Câmara Notícias

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: