PF investiga uso de documentos falsos em regularização fundiária no Pará

policiafederal ebc
Foto: EBC

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira (9), a Operação Apáte para apurar o uso de documentos falsos para regularização fundiária, no Pará.

A Justiça expediu quatro mandados de prisão temporária, oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de apresentação de documentos com lavratura de certidões cartorárias, nos municípios de Belém, Acará, Tailândia e Moju.

Segundo a PF, representantes de um grupo empresarial sediado em Belém usavam cartório fictício, supostamente localizado no Acará, para forjar certidões de matrículas de fazendas de propriedade de terceiros, colocando-as em nome da empresa.

Depois, os representantes da empresa apresentavam os documentos falsos para regularizar as terras em órgãos públicos, como Incra e Irerpa.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: